23 maio, 2011

Pra que ler ?


Devo ter me feito essa pergunta à alguns anos atrás, afinal pra que serve a leitura ?
Na minha escola, os professores nunca foram tão incentivadores, mas foi em casa que descobri o universo literário. Pra falar a verdade nunca gostei muito de literatura brasileira, essas que caem no vestibular por exemplo, me identifiquei mais com a internacional, onde as histórias nos prendem até a última página de tão envolventes que são.
Esse "mercado"literário" vem crescendo cada vez mais, graças as adaptações dos livros para o cinema e televisão. A Saga Crepúsculo (que eu particularmente amo) é um grande exemplo disso, há 3 filmes lançados com sucesso de bilheteria e o quarto e último filme será dividido em 2 partes, devido a sua riqueza de detalhes, com data prevista para estréia dias 18 de novembro de 2011 e 16 de novembro de 2012 respectivamente.
Os livros de Nicholas Sparks também são um sucesso, e todos já viraram filme e também foram sucesso, esse autor é conhecido pelo seus romances serem em maior parte trágicos, o que deixa uma história surpreendente. Querido John, A Última Música, Diário de uma Paixão e Noites de Tormenta são ótimas opções para quem gosta de romance.
A adaptação para a televisão de Diário do Vampiro, também é um sucesso, apesar de ter sido modificado em alguns pontos, a série não perdeu a sua essência e o seu charme que os tornam excepcionais.
Enfim, hoje em dia, a leitura é fundamental para a nossa vida, ela nos leva a lugares mágicos, nos tornamos pessoas com o vocabulário mais extenso e por que não dizer mais inteligentes ?
Muitos de nós prestarão vestibular e ENEM esse ano, e a leitura é nossa maior aliada para conquistarmos uma boa nota e classificação nessas provas que definirão nosso futuro profissional.
Se a leitura de livros não é o seu forte, comece com revistas, gibis e jornais, e quando você se der conta estará lendo diversos livros, ou seja, a leitura deixará de ser uma obrigação e uma coisa chata e passará a ser um prazer e até mesmo um hobbie.

By Dalva Cristina.
Postar um comentário